Mitos ou verdades sobre Velas Iridium e Filtros esportivos

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Mitos ou verdades sobre Velas Iridium e Filtros esportivos

Mensagem por Gerson em Seg 05 Abr 2010, 20:40

E ai moçada, dá uma olhada nestes comentarios na comu da CB300 , onde tem um artigo sobre mitos ou verdades sobre Velas Iridium e Filtros K&N.
Tem um cara que "parece" que sabe o que está falando.

http://www.cb300online.com.br/forum/viewtopic.php?f=12&t=623&start=0

Gerson
Participante
Participante

Masculino
Idade : 49
Data de inscrição : 24/03/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mitos ou verdades sobre Velas Iridium e Filtros esportivos

Mensagem por Convidad em Seg 05 Abr 2010, 20:50

Excelente o texto hein? Também acho que esses aparatos não aumentam a potência do motor.

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mitos ou verdades sobre Velas Iridium e Filtros esportivos

Mensagem por R-Carril em Seg 05 Abr 2010, 21:10

Bom, eu uso o filtro esportivo (K&N) somente porque ele é lavável e praticamente vai durar a vida...
mantenho ele sempre limpinho e a motoca fica redonda (senti uma diferença absurda na primeira vez que lavei ele...e sinto sempre que lavo)

em relaçao a ganhar potencia, eu ja tinha ouvido falar que a injeção regularia automaticamente a entrada do ar na mistura...ou seja, com o filtro teoricamente entraria mais ar, mas a injeção misturaria a dose certa....

sei la..


Última edição por R-Carril em Seg 05 Abr 2010, 22:56, editado 3 vez(es)

R-Carril
Participante
Participante

Masculino
Data de inscrição : 11/01/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mitos ou verdades sobre Velas Iridium e Filtros esportivos

Mensagem por Gerson em Seg 05 Abr 2010, 21:19

Até posso acreditar que as velas Iridium , por terem uma queima constatnte possa ter um diferencial na marcha lenta e em respostas mais rápidas e no caso do Filtro ele deixa mais livre somnete as carburadas...

Gerson
Participante
Participante

Masculino
Idade : 49
Data de inscrição : 24/03/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mitos ou verdades sobre Velas Iridium e Filtros esportivos

Mensagem por whitedeath em Seg 05 Abr 2010, 22:52

Uma coisa é um filtro de ar K&N em uma SRAD que usa a indução de ar em alta pra aumentar a potencia e outra colocar um K&N em um carro moto que não use esse sistema, nas motos esportivas que tem esses dutos o ganho é notavel agora no resto é jogar dinheiro fora se estiver pensando em potencia, e num adianta falar em teste de dino que nesse caso não tem efeito da indução do ar ok.
Se o filtro der um ganho de 5% em uma CB300 ninguem vai nem saber agora se der isso em uma SRAD 1000 o cara vai notar.
Só pra efeito de nota eu tinha uma MT-03 que tinha filtro de ar, vela iridium e escape original apenas com 1 modificação no miolo, e a minha moto dava 51,8Cv na roda depois dessas modificações sendo que antes era 45,3Cv na roda medido no mesmo dinamometro.

whitedeath
Participante
Participante

Masculino
Idade : 37
Data de inscrição : 01/03/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mitos ou verdades sobre Velas Iridium e Filtros esportivos

Mensagem por RODRIGO B650N em Ter 06 Abr 2010, 09:53

Gerson, este texto é muito interessante.
Estava em duvida se colocava na minha Bandit carburada e agora tenho certeza que posso colocar as velas iridium e o filtro que vai aumentar a potência.
Parabéns pela iniciativa.
Acredito que muitos como eu tinham essa duvida cruel e até hoje não tinham lido um artigo bom assim.

Abraços

RODRIGO B650N
Participante
Participante

Masculino
Idade : 34
Data de inscrição : 16/03/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mitos ou verdades sobre Velas Iridium e Filtros esportivos

Mensagem por Hans Blackbullet em Ter 06 Abr 2010, 10:42

Até onde eu sei, a injeção vai calibrar a quantidade de gasolina a ser injetada de acordo com a leitura da quiema dos gases expelidos. Significa que se tiver pouco ar, vai apresentar leitura de mistura rica (pouco ar, muita gasolina). Como consequência, a injeção irá calcular a quantidade correta para obter a proporção de mistura ideal (programada). Ninguém é responsável por mandar ar para o motor, é o pistão que faz pressão negativa e puxa, ou succiona o ar atmosférico. (nos sistemas de forced induction, têem-se o sistema de RAMAIR, como em algumas SS, ou até turbinas..., mas é outro caso). Um filtro esportivo tem os poros mais abertos, num tipo de construção de malha que retém o mesmo tamanho e quantidade de grãos de poeira, mas com uma passagem de fluxo maior. Consequência: com a mesma pressão negativa (vácuo) exercida pelos pistões, se fornece mais quantidade de ar (volume por cm. cúbico). Assim, a queima apresentará inicialmente excesso de ar, e consequentemente pouco combustível. Desta forma, a injeção complementará o faltante em combustível, tendo como resultado maior quantidade de mistura dentro da mesma câmara de combustão, ocasionando uma explosão mais forte, e maior força no motor. O resultado disso tudo se transcreve em: mais força - mais potência - maior consumo. Isto é melhora em todas as faixas de rotação aproveitáveis do motor.
As velas de IRIDIUM propiciam uma queima melhor, centelha mais forte. Isto garante sómente que toda a mistura injetada nos cilindros será queimada. Portanto, estas velas não dão mais potência, mas evitam que se hajam percas.
Abraços
Blackbullet.

Hans Blackbullet
Participante
Participante

Masculino
Idade : 50
Data de inscrição : 15/02/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mitos ou verdades sobre Velas Iridium e Filtros esportivos

Mensagem por edgar em Ter 06 Abr 2010, 12:30

o filtro ajuda sem duvida, pq permite mais passagem de ar, oq possibilita vc alimentar melhor.

as velas iridium o grande diferencial dela é o eletrodo ser bem fino, impossível no eletrodo comum que tem um desgaste muito grande.

a ajuda do filtro tanto faz nas carburadas e injetadas, a diferença é que as carburadas o acerto é feito na tentativa e erro, nas injetadas é automático pela sonda.

a minha eu utilizei um analisador de mistura caseiro, que nada mais é do que uma sonda lambda ligada a um hallmeter, mas que poderia ser ligada num multimetro qualquer.

fazendo essas analises posso garantir que as carburadas trabalham sempre ricas em aceleração... pena que não da para analisar com o motor em carga...

mistura ideal apenas em marcha lenta.

_________________
O MAIOR RISCO DA VIDA É NÃO FAZER NADA !!!!

QUER TROCAR OU COMPRAR UM CARRO ? PROCURO PARA VOCÊ O MELHOR NEGÓCIO COM GARANTIA E PROCEDENCIA.

ZERO KM? ME CONSULTE ANTES DE FECHAR. E-MAIL - edgarotsuka@uol.com.br


edgar
Admin
Admin

Masculino
Idade : 47
Data de inscrição : 18/12/2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mitos ou verdades sobre Velas Iridium e Filtros esportivos

Mensagem por glauco em Ter 06 Abr 2010, 15:27

Senhores,

não li a matéria, mas tenho conhecimento do assunto. Já falei em outro tópico que tive um marea turbo por 3 anos. Desses 3, 2 ele teve 300cv. E ja fiz muito estudo sobre o assunto. O whitedeath, o hans Blackbullet e o Edgar estão corretos. Para se obter mais potência em um motor a combustão ciclo otto (quatro tempos que equipam os carros e motos), precisa ter mais ar e mais combustivel dentro do motor. Para se obter mais ar, existem algumas maneiras. Ou de forma aspirada, com a pressao negativa dos pistões, como o Hans explicou muito bem, ou de forma forçada, através de turbo compressores ou outros dispositivos semelhantes (ou o sistema SRAD, usado em nossas motos). Como estamos falando de motos que não possuem turbos, então a gente pode aprofundar um pouco mais nesse quesito. Para que se entre mais ar, temos que remover, ou diminuir ao maximo, qualquer obstáculo que exista desde a entrada de ar até a câmara de combustão. Isso quer dizer filtro de ar e "rugas" existentes no cabeçote (fora outros recursos que não vou entrar no mérito, como comando de válvulas e as próprias valvulas). Então, se a gente coloca um filtro de ar que seja menos resistivo à passagem de ar e faz um polimento no cabeçote, por exemplo, o ar irá entrar livremente, fazendo com que o pistão consiga puxar mais ar e, consequentemente, (em motores com injeção), mais combustível será injetado e a potência irá aumentar (já explicaram isso acima tambem). Mas, como falaram, o ganho não é significativo. De qualquer forma, acho que vale a utilização, pois vai sentir a moto um pouco mais elástica, mas, também como já foi dito, vai beber mais, além de ser lavável.

Bom, resumindo, eu disse um monte de coisas que já haviam sido explicados acima... Smile Ta valendo.

Quanto às velas de Iridium, já falaram tudo. Acho que não precisa ser acrescentado mais nada.

Abraço,
Glauco

glauco
Participante
Participante

Masculino
Idade : 39
Data de inscrição : 24/03/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mitos ou verdades sobre Velas Iridium e Filtros esportivos

Mensagem por Gil Costa RJ em Ter 06 Abr 2010, 15:42

Além do que já foi tecnicamente explicado acima:

Se chegou a hora de trocar a vela e o filtro, porque não?
A diferença da vela é pequena e, ela dura mais; A do filtro, que dura mais q o original porque é lavavel, não sai mais caro.

Considerando também que as motos de corrida que são cheias de modificações possuem semelhante modificação (pelos menos até final do ano passado era assim... conversando sempre com o pessoal aqui em jacarepagua)

Considerando também que para fazer uma cb300 andar mais... kkk he he he tem como?

Agora no meu caso não estou usando qualquer modificação na central eletrônica da b65ie 2009 apenas a que pode esta sendo feita pela sonda, mas eu não tive aumento de consumo. Esta igual e/ou um pouco melhor.
abs Gil Costa RJ

Gil Costa RJ
Participante
Participante

Masculino
Idade : 50
Data de inscrição : 11/06/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mitos ou verdades sobre Velas Iridium e Filtros esportivos

Mensagem por Hans Blackbullet em Ter 06 Abr 2010, 16:41

Bem, realmente, se o motor respira melhor, precisa de menor aceleração para trabalhar na mesma faixa de torque que aquele que não respira direito... o que, teoricamente, se traduz em menor consumo... mas também um motor que respira melhor convida a andar mais, e daí o consumo aumenta...
CAVALO ANDA-CAVALO COME.
hehehehe, não tem moleza não...

Hans Blackbullet
Participante
Participante

Masculino
Idade : 50
Data de inscrição : 15/02/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mitos ou verdades sobre Velas Iridium e Filtros esportivos

Mensagem por Pin em Ter 06 Abr 2010, 17:23

Edgar escreveu:o filtro ajuda sem duvida, pq permite mais passagem de ar, oq possibilita vc alimentar melhor.

as velas iridium o grande diferencial dela é o eletrodo ser bem fino, impossível no eletrodo comum que tem um desgaste muito grande.

a ajuda do filtro tanto faz nas carburadas e injetadas, a diferença é que as carburadas o acerto é feito na tentativa e erro, nas injetadas é automático pela sonda.

a minha eu utilizei um analisador de mistura caseiro, que nada mais é do que uma sonda lambda ligada a um hallmeter, mas que poderia ser ligada num multimetro qualquer.

fazendo essas analises posso garantir que as carburadas trabalham sempre ricas em aceleração... pena que não da para analisar com o motor em carga...

mistura ideal apenas em marcha lenta.

Edgar, vc enfiou a sonda dentro do escape? Essa sonda funciona a que temperatura? E em que modo tem que ligar o multimetro pra funcionar? Em Ohs? Se o numero for = 1 então está legal???
A sua voce usou assim pra regular a mistura???
Na sua opnião as velas Iridium podem economizar combustivel...
Parece complicado hein....
Conta mais pra gente!!!

Vamos todos levar nossas carburossauras na oficina do Edgar pra fazer o teste do Oxigenio...

Ps: ja encomendei todos esses itens acima citados...

Pin
Participante
Participante

Masculino
Idade : 35
Data de inscrição : 13/12/2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mitos ou verdades sobre Velas Iridium e Filtros esportivos

Mensagem por GAS em Ter 06 Abr 2010, 18:10

Pin é pegadista hein, até parece q vc tá ligando pra esse assunto. ehhehe

Mas a sonda no multimetro tem q dar 0,74v como mistura perfeita, se não me engano, pra cima é mais gorda e pra baixo mais pobre, não lembro os numeros exatamente, mas tenho um hall-meter em casa se precisar.

Se vc usar uma sonda de um ou dois fios não vai servir pra nada, vc precisa de uma sonda com resistencia pq ela tem q operar bem quente, e a não ser que vc fure o seu coletor vai precisar de uma sonda de 3 fios (com resistência) pra que ela esquente sozinha e vc tome a medida na ponta do escape.

GAS
Participante
Participante

Masculino
Idade : 32
Data de inscrição : 29/09/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mitos ou verdades sobre Velas Iridium e Filtros esportivos

Mensagem por whitedeath em Ter 06 Abr 2010, 18:34

gilcosta_rj escreveu:Além do que já foi tecnicamente explicado acima:

Se chegou a hora de trocar a vela e o filtro, porque não?
A diferença da vela é pequena e, ela dura mais; A do filtro, que dura mais q o original porque é lavavel, não sai mais caro.

Considerando também que as motos de corrida que são cheias de modificações possuem semelhante modificação (pelos menos até final do ano passado era assim... conversando sempre com o pessoal aqui em jacarepagua)

Considerando também que para fazer uma cb300 andar mais... kkk he he he tem como?

Agora no meu caso não estou usando qualquer modificação na central eletrônica da b65ie 2009 apenas a que pode esta sendo feita pela sonda, mas eu não tive aumento de consumo. Esta igual e/ou um pouco melhor.
abs Gil Costa RJ
Sem duvida nenhuma a diferença de valor entre o filtro original e velas para o K&N e Iridium vale muito o investimento

whitedeath
Participante
Participante

Masculino
Idade : 37
Data de inscrição : 01/03/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mitos ou verdades sobre Velas Iridium e Filtros esportivos

Mensagem por Hans Blackbullet em Ter 06 Abr 2010, 19:29

O pessoal, alguém aeh tem as cotações para:
Velas originais (jogo)= $
Velas Iridium (jogo) = $

Filtro de ar original = $
Filtro de ar K&N = $

Pra gente coferir onde comprar e quanto se economiza?

Hans Blackbullet
Participante
Participante

Masculino
Idade : 50
Data de inscrição : 15/02/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mitos ou verdades sobre Velas Iridium e Filtros esportivos

Mensagem por glauco em Ter 06 Abr 2010, 20:06

Bom, em relação à sonda, a melhor que existe para acerto fino de motor é a sonda lambda wideband, como essa: http://www.odginstruments.com.br/wideband.php. Lembrem-se que essa sonda não trabalha sozinho. Ela precisa de um leitor específico. No próprio site da ODG tem os instrumentos. Lembro que a leitura da sonda é de 0 a 1, sendo 1 mistura rica (muito combustivel) e 0 pobre (sem combustível). No meu carro, por exemplo, eu usava uma leitura em torno de 0,88 e 0,95, pois um dos grandes motivos de quebra de motor é mistura pobre. Então, andava com ela um pouco mais rica para evitar problemas. Em um motor aspirado, sem preparação, deve-se andar o mais próximo do ideal possível (em torno de 0,75~0,80), pois com isso se retira a maior potência. Mistura muito gorda evita quebra mas perde potência tambem.

OBS: Essas leituras são da sonda normal. A sonda wideband tem uma leitura diferente.

Abraço,
Glauco

glauco
Participante
Participante

Masculino
Idade : 39
Data de inscrição : 24/03/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mitos ou verdades sobre Velas Iridium e Filtros esportivos

Mensagem por Gustavão em Ter 06 Abr 2010, 23:10

glauco escreveu:Senhores,

não li a matéria, mas tenho conhecimento do assunto. Já falei em outro tópico que tive um marea turbo por 3 anos. Desses 3, 2 ele teve 300cv. E ja fiz muito estudo sobre o assunto. O whitedeath, o hans Blackbullet e o Edgar estão corretos. Para se obter mais potência em um motor a combustão ciclo otto (quatro tempos que equipam os carros e motos), precisa ter mais ar e mais combustivel dentro do motor. Para se obter mais ar, existem algumas maneiras. Ou de forma aspirada, com a pressao negativa dos pistões, como o Hans explicou muito bem, ou de forma forçada, através de turbo compressores ou outros dispositivos semelhantes (ou o sistema SRAD, usado em nossas motos). Como estamos falando de motos que não possuem turbos, então a gente pode aprofundar um pouco mais nesse quesito. Para que se entre mais ar, temos que remover, ou diminuir ao maximo, qualquer obstáculo que exista desde a entrada de ar até a câmara de combustão. Isso quer dizer filtro de ar e "rugas" existentes no cabeçote (fora outros recursos que não vou entrar no mérito, como comando de válvulas e as próprias valvulas). Então, se a gente coloca um filtro de ar que seja menos resistivo à passagem de ar e faz um polimento no cabeçote, por exemplo, o ar irá entrar livremente, fazendo com que o pistão consiga puxar mais ar e, consequentemente, (em motores com injeção), mais combustível será injetado e a potência irá aumentar (já explicaram isso acima tambem). Mas, como falaram, o ganho não é significativo. De qualquer forma, acho que vale a utilização, pois vai sentir a moto um pouco mais elástica, mas, também como já foi dito, vai beber mais, além de ser lavável.

Bom, resumindo, eu disse um monte de coisas que já haviam sido explicados acima... Smile Ta valendo.

Quanto às velas de Iridium, já falaram tudo. Acho que não precisa ser acrescentado mais nada.

Abraço,
Glauco


Assino em baixo.... Uso filtro K&N no meu Marea turbo..e a diferença de performance e ridiculamente maior (fora o ronco)....e mais, sem o sistema catalitico, meu amigo..auhauhauha.!!!!meu carro hj tem mais de 220 cv so com filtro e escapamento livre(2,5" direto, com um abafador esportivo).....e se trata de um carro original com chip original!!!

na Haya so estou com sistema de escap com menos restrição..... o ganho..sinceramente eu nao percebi...porq ela tem sempre mtaaaaaa potencia sobrando sempre ne..euhauheuhauhe mas o roncooo e animadorrr e fudidamente lindo...da mais tesao de andar!!>..


lembrando que sempre nos dois uso gasolina Premium da Shell!!

Gustavão
Participante
Participante

Masculino
Idade : 30
Data de inscrição : 13/03/2010

http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=8573197516092683618&

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mitos ou verdades sobre Velas Iridium e Filtros esportivos

Mensagem por vytor em Ter 06 Abr 2010, 23:36

saudade do voyage turbo
=/

esse assunto sempre gera polemicas...

eu sou da teoria q tudo melhora, pouco mais melhora...
e no final.. o resultado eh significativo...

eu tenho k&n na moto...
e fiz a carburacao...
senti diferenca.. inclusive no consumo ! q aumentou consideravalmente... mas a velocidade final chegava mto mais facil.... sem tanto sofrer depois dos malditos 180 da coitada gszinha...

no voyage nao preciso nem falar...
inclusive tinha hallmeter medindo mistura...
adorava afundar o peh e ver a mistura tendendo a zero (lean)... e depois um monte de luz verde mostrando a mistura rica, jah com a turbina cheia... e pronta pra espirrar....
ai, ai.... q saudade
=/

edgar... nao compensa... mas daria pra colocar um hallmeter desses de carro turbo pra medir na moto, mesmo com o motor trabalhando, com carga ! nao !?

_________________
Vytor
1) Ex - GS 500 E 1999 - preta
2) GSX 750 F 2005/6 - chumbo - atual
Potência não é nada sem controle BARULHO!!! rs

vytor
Moderador
Moderador

Masculino
Idade : 31
Data de inscrição : 16/12/2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mitos ou verdades sobre Velas Iridium e Filtros esportivos

Mensagem por edgar em Qua 07 Abr 2010, 10:05

vytor escreveu:

edgar... nao compensa... mas daria pra colocar um hallmeter desses de carro turbo pra medir na moto, mesmo com o motor trabalhando, com carga ! nao !?

Dá sim, mas tem que furar o coletor original e soldar uma porca....

e ta ai uma coisa que não quero fazer, pq depois tem q mandar cromar de novo etc etc...

_________________
O MAIOR RISCO DA VIDA É NÃO FAZER NADA !!!!

QUER TROCAR OU COMPRAR UM CARRO ? PROCURO PARA VOCÊ O MELHOR NEGÓCIO COM GARANTIA E PROCEDENCIA.

ZERO KM? ME CONSULTE ANTES DE FECHAR. E-MAIL - edgarotsuka@uol.com.br


edgar
Admin
Admin

Masculino
Idade : 47
Data de inscrição : 18/12/2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mitos ou verdades sobre Velas Iridium e Filtros esportivos

Mensagem por Gil Costa RJ em Qua 07 Abr 2010, 10:10

Meu carro é Golf GTI 2008 tiptronic (que é turbo tbm, super torque em pouca rotação)

Ele vem de fábrica, mencionado pelo próprio fabricante no manual que com gasolina normal (nunca usei com 2anos de carro) tem 180hp e com gasolina azul tipo podium da petrobras passa para 193hp

E essa mudança acontece mesmo, mas eu acho que a maior força ele obtem da V-power não sei explicar mas na pratica funciona assim.

Andando normal 140-150 consigo média 10km/l (9 -11)
Andando forte (tipo 180 para cima) o consumo fica 8,5 km/l

Estive para modificar o carro, mas fui informado que como a central eletronica dele é super avançada só em trocar o filtro ele vai bater na faixa de 7km/l (vai andar mais, mas...)

Eu estive em uma empresa especializada de JPA eles vendem até o unchip, mas eu não instalei e não coloquei o filtro devido ao enorme aumento do consumo... (exatamente o que esta sendo explicado aqui) A empresa ja faz isso a muito tempo e trabalha ate em carro de competição... É gente que sabe o que esta falando.
E outra coisa: os caras tinham dinamometro para por o carro mostrar antes de depois.

Dai, eu me pergunto: porque o cara da reportagem tem tanta certeza que não funciona? talvez devesse usar outras motos e outros carros para testar, sei lá...

Gil Costa RJ
Participante
Participante

Masculino
Idade : 50
Data de inscrição : 11/06/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mitos ou verdades sobre Velas Iridium e Filtros esportivos

Mensagem por edgar em Qua 07 Abr 2010, 10:11

PIN.

o valor da mistura tem que dar em torno de 0,7 V. o hallmeter facilita pq tem cores, o multimetro os numeros variam rapido.

usei uma sonda de 4 fios, pq tem resistencia. soldei uma porca num cano prendi a sonda, soldei canos menores e compridos para pegar a mistura perto da curva ( escape esportivo). resultado a sonda fica fora do escape. nao testei ainda mas acho que se proteger os fios contra temperatura e apenas mandar a sonda la para dentro tb resolveria.

isso tudo depois de equalizar, comprei 4 vacuometros com glicerina..

_________________
O MAIOR RISCO DA VIDA É NÃO FAZER NADA !!!!

QUER TROCAR OU COMPRAR UM CARRO ? PROCURO PARA VOCÊ O MELHOR NEGÓCIO COM GARANTIA E PROCEDENCIA.

ZERO KM? ME CONSULTE ANTES DE FECHAR. E-MAIL - edgarotsuka@uol.com.br


edgar
Admin
Admin

Masculino
Idade : 47
Data de inscrição : 18/12/2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mitos ou verdades sobre Velas Iridium e Filtros esportivos

Mensagem por edgar em Qua 07 Abr 2010, 10:17

essa sonda wideband ( banda larga) é mais precisa qdo a mistura é bem rica ou bem pobre, na faixa que precisamos a outra atende.

a diferença é que, ao estar rica ou pobre a sonda convencional varia muito pouco,ou quase nada, mas a variação no centro, onde tem que trabalhar é boa.

para motores diesel esse tipo de sonda foi essencial.

_________________
O MAIOR RISCO DA VIDA É NÃO FAZER NADA !!!!

QUER TROCAR OU COMPRAR UM CARRO ? PROCURO PARA VOCÊ O MELHOR NEGÓCIO COM GARANTIA E PROCEDENCIA.

ZERO KM? ME CONSULTE ANTES DE FECHAR. E-MAIL - edgarotsuka@uol.com.br


edgar
Admin
Admin

Masculino
Idade : 47
Data de inscrição : 18/12/2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mitos ou verdades sobre Velas Iridium e Filtros esportivos

Mensagem por Convidad em Qua 07 Abr 2010, 13:59

Não quero ser chato mas comparar carro turbo com moto aspirada é piada.
A própria explicação sobre a pressão negativa dos pistões x pressão positiva do turbo ja joga estes comentários por terra.

Sobre o assunto filtro, se vc colocar o filtro e manter o escape original não vai mudar nada. O que entra tem que sair, conceito básico né?

Vantagem só $$. Gasta uma vez com o filtro depois é só água e sabão.

Quer aumento de potencia? KIT completo:
filtro + escape + vela + modulo de injeção.

Se não for isso a diferença será quase imperceptivel...

nas carburadas que não tem a compensação da injeção a mistura fica pobre então tem que haver algum recurso - gicle ou comando.

Se fosse tão fácil assim ganhar vários cavalinhos (vela + filtro) as montadoras e oficinas estariam fazendo. Não fazem porque tem que garantir e o cliente pagando vai exigir.

Ricardo

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mitos ou verdades sobre Velas Iridium e Filtros esportivos

Mensagem por glauco em Qua 07 Abr 2010, 14:36

rnsavioli, se vc ler mais atentamente meu post, verá que em momento algum fiz comparação de carro turbo com moto aspirada. O que sei é que pra se conseguir mais potência, vc tem que colocar mais ar pra dentro do motor, de uma forma ou de outra. Com mais ar, deve-se injetar mais combustível (como disseram, mais cavalo, mais comida). Então, como já disse acima, existem duas formas de se colocar mais ar pra dentro. Ou vc induz esse ar, atraves de turbos compressores ou afins, ou através de polimento de dutos do cabeçote, troca de comando de válvulas, troca de escape, troca do filtro, para uma restrição menor, criação de ângulos nas válvulas, taxa de compressão, entre outros. Mesmo com o "kit" completo, como vc disse, não vai adiantar muita coisa. Vamos aos fatos.
1) Vc troca o filtro: ok, esta liberando a entrada de ar, consequentemente, mais ar pra dentro do motor. Não muito, mas está entrando.
2) Troca o escape: Vc está correto, ta entrando mais ar, tem que sair. Mas lembre-se que isso não é uma ciencia exata. Cano muito largo, o ar sai muito rápido, perdendo potência. Cano muito fino cria back pressure e pode quebrar o motor (continuo falando de motores aspirados.
3) Troca da vela: certo, com uma vela adequada, vc vai ter uma queima mais limpa e irá utilizar melhor a explosão, podendo ter uma melhora na performance
4) remapeamento do módulo de injeção: bom, isso é o mais controverso de todos eles. Vc muda a injeção para mudar a curva de torque, o que dá uma SENSAÇÃO de mais potência, e muda a quantidade de combustível que será injetado, que é necessário pois estamos liberando a entrada de ar. Apenas isso! Não é o módulo que irá dar mais potência. LEMBREM-SE SEMPRE: Mais potência = mais ar dentro do motor. Se não tiver mais ar, não tem mais potência! E em motores aspirados, estamos limitados à quantidade de ar que o pistão é capaz de chupar com a pressão negativa!

Então, caro rnsavoli, leia novamente meu post que verá que em momento algum comparei motores aspirados com motores turbo. E mesmo trocando o "kit", como vc chama, o ganho será pouco, o que, ao meu ver, não vale o custo.

My 2 cents.

Abraço,
Glauco

glauco
Participante
Participante

Masculino
Idade : 39
Data de inscrição : 24/03/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mitos ou verdades sobre Velas Iridium e Filtros esportivos

Mensagem por Hans Blackbullet em Qua 07 Abr 2010, 14:57

Acho que o Glauco tem razão.
As fábricas tem que priorizar custo e encontrar o melhor rendimento X economia (consumo). Melhorias são fora da realidade econômica do produto e do consumidor comum, porque agregam custo ao produto e pioram o consumo. Também tem-se que entender que os pistões tem um limite máximo de pressão negativa, extrapolando-se esta quantidade, não se obterá mais resultado - daí para adiante, só com indução forçada ou combustível com maior poder de explosão (Ex. Óxido nitroso, o popular NO2). Só tem uma coisa que eu não concordo muito: Em motores de 4 tempos, as válvulas devem segurar a compressão, e ao contrário do motor 2 tempos, que não possui válvulas, o escape aberto não deve permitir perda de potência, a não ser em dois casos:
1º - válvulas com sede desgastadas;
2º - flutuação das válvulas, esta por molas fracas ou excesso de giro...

Hans Blackbullet
Participante
Participante

Masculino
Idade : 50
Data de inscrição : 15/02/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mitos ou verdades sobre Velas Iridium e Filtros esportivos

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 22:00


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum