Conversando sobre o filtro de ar

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Conversando sobre o filtro de ar

Mensagem por VENOM em Sex 21 Mar 2014, 02:13

Amigos,

Gostaria de expor minhas ideias sobre o tema e convidar a todos a fazer o mesmo, com o intuito de enriquecer o debate. Lembrando que as linhas abaixo são fruto apenas de minhas pesquisas e do entendimento que delas consigo durante os mais de quinze anos andando motorizado, seja em duas ou quatro rodas.

Com relação ao filtro de ar, o original, entendo que o mesmo não foi desenvolvido para reuso após limpeza de espécie alguma (falando de filtros de ar de forma geral. Caso eu esteja enganado no caso da Suzuki me perdoem pois ainda estou estudando um bocado de coisas). Com exceção dos K&N e similares que foram feitos para serem lavados.

E o porquê disso?

Por que o desenho do elemento filtrante é feito para que o ar passe até que venha a sujeira e preencha o espaço por ele passou, formando um funil (na verdade funcionam como milhões de funis microscópicos). Sendo assim, os diferentes tamanhos de poeira vão encontrando suas barreiras e ficando presas nelas.com o passar do tempo essas sujeiras vão ocupando mais espaços e o ar vai passando pelos restantes. Se o filtro não for trocado (falo da limpeza mais abaixo) o que acontece é que sobram menos espaços vazios para o ar limpo passar. Como a força do pistão descendo pelo cilindro é muito maior do que a resistência do filtro, as partículas menores que antes estavam presas no elemento filtrante, acabam se soltando e sendo sugadas para dentro do cilindro causando micro arranhões que mais tarde vão deixar passar óleo e aí, todo mundo já sabe a dor de cabeça que vai dar...

E porque a limpeza não funciona?

Simples! Se a sujeira está presa na fibra a níveis microscópicos, ela não vai sair com umas simples batidinhas. Concordam? E se o cara der um jato de ar no filtro, ou ele será igualmente ineficaz, pois só vai retirar a sujeira grossa que está mais acima do elemento, ou vai "arrombar" os poros. Caso o jato de ar seja direcionado no contrafluxo do filtro a situação piora, pois ele vai destruir a trama do elemento que vai ficar entupido em algumas partes e largo demais em outras. Ou seja se você está VENDO sujeira no filtro é por que já não tem muito espaço pro ar passar. Na minha opinião, não há alternativa senão a troca do mesmo.

Mas e no caso dos K&N InFlow e similares, onde o fluxo de ar é maior porém eles recomendam intervalos entre as limpezas altíssimos? Já que a estrutura do elemento filtrante permite a passagem de mais ar, eu deduzo que a mesma seja mais "aberta", tornando limpeza um procedimento eficaz. Não seria o caso de intervalos ainda menores entre as intervenções seja para limpeza ou inspeção? Rolling Eyes 

Confesso que não conheço nada desses filtros e por isso fico encucado.
avatar
VENOM
Participante
Participante

Masculino
Idade : 37
Data de inscrição : 21/02/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Conversando sobre o filtro de ar

Mensagem por decapa em Dom 23 Mar 2014, 21:19

Eu uso filtro esportivo desde sempre que tive moto, nao importa qual. Sempre buscando deixar o motor respirar melhor em alta rotacao. A limpeza ja depende muito do terreno e frequencia de uso. Limpo a cada 10k km. Tem muita lenda ANTIGA que o filtro nao pode deixar sujeira passar, que precisa de cuidados, mas isso e coisa da epoca dos carburadores. Na minha opiniao, hoje deve ser mais relevado os beneficios que ele tras ao motor, e nao a manutencao que e de facil manejo.
avatar
decapa
Participante
Participante

Masculino
Idade : 39
Data de inscrição : 10/03/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Conversando sobre o filtro de ar

Mensagem por VENOM em Dom 23 Mar 2014, 22:51

decapa,

que bom saber que a manutenção do filtro esportivo é simples! Mas poderia passar mais detalhes sobre as mudanças que chegaram com a injeçao eletrônica? Pelo que entendi do seu post, com ela, um descuidado com a manutenção do filtro de ar não é mais tão perigosa assim. É isso?

Sei que a injeção tem os sensores de oxigênio (sonda lambda) e massa de ar (map/maf ou outros) para gerenciar a queima. e com isso o desempenho com certeza sera menos afetado pela vazão do filtro.

Mas Existe algo mais que diminua os efeitos nocivos da sujeira entrando na câmara de combustão?
avatar
VENOM
Participante
Participante

Masculino
Idade : 37
Data de inscrição : 21/02/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Conversando sobre o filtro de ar

Mensagem por decapa em Dom 23 Mar 2014, 23:21

Depois que tive a s1000, mudei meu conceito que sujeira e tao prejudicial assim. O sistema de entrada de ar e na frente bem centralizado,, na carenagem. E pior, o filtro fica localizado bem na entrada da caixa de ar. Pela logica, ate uma chuva torrencial de frente a velocidade alta pode afetar o sistema de ar. Ficava preocupado em ficar atras de caminhao e poeira no asfalto. Mas como dimensionam um sistema de ar assim, colocando um filtro fajuto original?. Vale a pena analisar. Acredito que qualquer sujeira que possa passar aos bicos injetores, nao ocasione problema algum. Nada que uma acelerada forte nao limpe o sistema. Ja a sujeira da gasolina, essa sim nao tem como acertar na mao. Quem souber explicar o porque desse paradigma, que nos exclareca.
avatar
decapa
Participante
Participante

Masculino
Idade : 39
Data de inscrição : 10/03/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Conversando sobre o filtro de ar

Mensagem por Pikes Peak em Seg 24 Mar 2014, 00:10

Não entendi a parte do seu post Decapa. Como assim sujeira que passe aos bicos injetores? Qual sistem se refere?

E hoje em dia realmente me preocupo e evito, com qualquer tipo de filtro evitar andar em lugares com muita poeira e até mesmo litoral, por causa da areia. Mas realmente acho que os sistemas de indução de ar foram pensados e levam em conta uma chuva em gotas normal... mas ja sendo um grande problema por exemplo deixar a admissão submersa em uma rua alagada, sera sinonimo de calço hidraulico e no minimo uma biela torta.

Quanto a limpeza doa filtros "esportivos" acho que isto se deve ao material utilizado, e vale lembrar que algumas recomendam o uso de algum produto aplicado ao filtro em um certo momento, liquido este que ajuda a reter particulas indesejaveis... mas uma coisa é certa, se passa mais ar, passa mais sujeira... ai vale inclusive trocar mais seguido o filtro de oleo, ja que muita coisa que entra nos cilindros pela admissão de ar pode ir parar no óleo e ficar suspenso por lá tbm...

Pikes Peak
Participante
Participante

Masculino
Idade : 28
Data de inscrição : 03/09/2013

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Conversando sobre o filtro de ar

Mensagem por decapa em Seg 24 Mar 2014, 00:21

Pois e, agora foi eu que nao entendi. Existe ligacao da admissao de ar com o sistema de lubrificacao?. Acho que perdi essa licao. Af.. Tranquilo. Foi mau dizer " bico injetor"
avatar
decapa
Participante
Participante

Masculino
Idade : 39
Data de inscrição : 10/03/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Conversando sobre o filtro de ar

Mensagem por VENOM em Seg 24 Mar 2014, 03:12

Na verdade, quando o pistão desce pela camisa, uma finíssima camada de óleo permanece nas paredes. Alguns chamam de filme lubrificante. sinceramente não sei se este filme é queimado na próxima explosão, ou se ele resiste ao processo. para então, ser renovado na próxima subida.

Eu mesmo era displicente com o filtro de ar da minha YBR e um dia notei uma fumacinha branca na descarga. Levei no mecânico e o diagnóstico foi camisa do pistão arranhada. por sorte resolveu apenas com um polimeto o troca dos anéis.

Mas se você observar bem, vai ver que na maioria das motos e carros existem curvas e quinas nos dutos de indução de ar, justamente para que as sujeiras mais grossas se acumulem ali.

Dei uma olhada rápida nas imagens de duto de ar da S1000 e realmente não vi nenhuma curva hehe. aí já não sei o que pensar.
avatar
VENOM
Participante
Participante

Masculino
Idade : 37
Data de inscrição : 21/02/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Conversando sobre o filtro de ar

Mensagem por Wallysson em Seg 24 Mar 2014, 12:31

Sobre o K&N, o filtro permite ser lavado pela estrutura que é feito.
1º Mas na verdade há um produto a se jogar no filtro para soltar as partículas (alguma coisa tipo desengripante, tipo agua oxigenada ou o famoso "vanish"... sei lá, só um exemplo)
2º Passar a água pra retirar essas impurezas (água da torneira mesmo só pra levar a sujeira embora, nada de alta pressão pra não estragar a estrutura do filtro ou forçar qualquer sujeira nas paredes do filtro)
3º Aplicar o óleo indicado para fazer a função de filtro (pois no K&N o óleo ajuda a filtrar as partículas)

Sobre motor original, acredito que os coletores de admissão não tem função nenhuma de segurar resíduos.

Ah, e os resíduos do ar não tem impacto no bico injetor. Os resíduos podem ficar grudados no filme de óleo na camisa do cilindro que por consequência fazer algum risco quando o pistão sobe. E se ficarem na parede do cilindro após o cilindro subir, seriam lavados pelo óleo e levados até o filtro de óleo.
avatar
Wallysson
Participante
Participante

Masculino
Idade : 31
Data de inscrição : 09/01/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Conversando sobre o filtro de ar

Mensagem por Pikes Peak em Seg 24 Mar 2014, 13:01

Exatamente, acompanho as palavras do Wallysson.

Mais um cuidado importante na hora de comprar um filtro, por exemplo da marca K&N, tem a linha R que é recomendada para pista e é menos eficiente para filtrar mas permite mais fluxo na admissão de ar...

Pikes Peak
Participante
Participante

Masculino
Idade : 28
Data de inscrição : 03/09/2013

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Conversando sobre o filtro de ar

Mensagem por Berlindo em Seg 24 Mar 2014, 14:21

E cuidado especial nas motos com indução de ar frontal, isso aspira uma sujeira que é uma beleza.
avatar
Berlindo
Participante
Participante

Masculino
Idade : 34
Data de inscrição : 07/07/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Conversando sobre o filtro de ar

Mensagem por Hans Blackbullet em Seg 24 Mar 2014, 15:01

decapa escreveu:Depois que tive a s1000, mudei meu conceito que sujeira e tao prejudicial assim. O sistema de entrada de ar e na frente bem centralizado,, na carenagem. E pior, o filtro fica localizado bem na entrada da caixa de ar. Pela logica, ate uma chuva torrencial de frente a velocidade alta pode afetar o sistema de ar. Ficava preocupado em ficar atras de caminhao e poeira no asfalto. Mas como dimensionam um sistema de ar assim, colocando um filtro fajuto original?. Vale a pena analisar. Acredito que qualquer sujeira que possa passar aos bicos injetores, nao ocasione problema algum. Nada que uma acelerada forte nao limpe o sistema. Ja a sujeira da gasolina, essa sim nao tem como acertar na mao. Quem souber explicar o porque desse paradigma, que nos exclareca.
Bom, podemos tentar...rsrsrs
Seguinte:
Sujeira no ar, é seca - porque se não fosse, "grudaria" nas laterais dos dutos e nas primeiras partes do filtro - e assim sendo, a sujeira entra pelos dutos de admissão, e se passaram pelos poros do filtro, nada mais a deterá até chegarem aos pistões/válvulas/bicos das velas/câmaras de combustão e bicos injetores (por baixo, lógico) ali sendo submetidos a grande calor e compressão - e assim instalando -se por empuxo grande em locais onde possam "encaixar": bordas de anéis, sedes de válvulas, cantinhos da junta de cabeçote, espaço de abertura das válvulas dos bicos injetores. Como são partículas extremamente resistentes, senão teriam sido "esmagadas" ou diluídas no ar induzido, riscam ou travam as partes metálicas, menos duras.
Já com a sujeira que vem da gasolina, é diferente: não são sólidos, pois ficam retidos nos filtros das bombas ou das injeções - causando falhas iminentes e perceptíveis - ou impurezas moles, como goma e outros produtos químicos reagidos ou depositados/decantados. Estes, em parte solúveis, moles e pegajosos, tendem a "queimar e criar uma camada de carbono e goma por todo o canto. Também riscam, mas seu principal problema é o entupimento ou diminuição de calibres.
Como os sólidos secos estão "pipocando" por dentro das câmaras de combustão, uma hora ou outra acabam sendo arremessados para fora através das válvulas de escapamento, indo parar no sistema de escape e talvez na cravados na perna de alguém (jé aconteceu comigo).
Já as partes moles tendem a serem queimadas dentro do sistema de combustão e por lá decidem se instalar até que o motor seja aberto e limpo através de erosão da superfície contaminada. Portanto, se for uma abertura de bico injetor, enquanto não sofrer ataque químico ou abrasivo, não será limpo... Rolling Eyes 
avatar
Hans Blackbullet
Participante
Participante

Masculino
Idade : 51
Data de inscrição : 15/02/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Conversando sobre o filtro de ar

Mensagem por decapa em Ter 25 Mar 2014, 15:09

isso da lamina de óleo reter sujeira que passa pelos injetores, pra mim é novidade absoluta. filtrada pelo filtro de óleo? vixeeee, pensei que era feito para segurar detritos e limalhas provenientes das engrenagens e demais conjuntos.
avatar
decapa
Participante
Participante

Masculino
Idade : 39
Data de inscrição : 10/03/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Conversando sobre o filtro de ar

Mensagem por Hans Blackbullet em Qua 26 Mar 2014, 18:12

decapa escreveu:isso da lamina de óleo reter sujeira que passa pelos injetores, pra mim é novidade absoluta. filtrada pelo filtro de óleo? vixeeee, pensei que era feito para segurar detritos e limalhas provenientes das engrenagens e demais conjuntos.
Eita, agora quem boiou fui eu... kkkk
Bom, eu tava me referindo ao filtro de ar esportivo (K&N).
Quanto ao filtro de óleo, Decapa, concordo contigo (e nem poderia ser o contrário, dado seu extenso conhecimento) e até onde eu sei ele retém as limalhas e impurezas que eventualmente possam entrar no motor - mas daí estamos falando de óleo e partes baixas em maioria, e não de ar e partes altas.
Bom, só para constar, até onde ACHO que conheço:
- sujeiras no combustível entram pelos bicos,
- sujeira no sistema de arrefecimento a água pode entrar nas câmaras de combustão através de juntas de cabeçote danificadas por erosão ou queima,
- sujeiras no ar admitido entram pelas válvulas de admissão,
- sujeiras no óleo podem entupir galerias de óleo, riscar cilindros (por baixo, quando os pistões estão subindo ou em PMS e o efeito abrasivo se daria no momento do retorno (PMI). Também podemos verificar problemas em sistemas de retorno de gases do carter para a caixa de filtragem do ar, mas o filtro de ar deve segurar as impurezas, mas o óleo condensado ou o excesso pode entupir o filtro de ar. No caso de filtro de óleo que não segura as impurezas, o óleo que é bombeado para as partes altas do motor recebe óleo contaminado, que pode riscar as hastes de válvulas se passar pelo retentor, chegando até a câmara de combustão.
Não deixando de lado a observação de que por mais que o óleo usado seja projetado para longas quilometragens, não se pode escapar do fato que um motor a explosão gera resíduos de carbono, estes que tendem a "grudar" nas paredes internas dos cilindros, anéis, câmaras de combustão, sedes e hastes de válvulas, pistões e sistema de escapamento.
Estes resíduos de carbono vão se acumulando no motor e são agentes contaminantes do óleo do cárter através dos anéis (lembram daquela fina camada de óleo que permanece nas paredes dos cilindros quando o pistão sobe?). Esta migração do carbono vira carvão, que contamina o óleo e acaba por promover desgaste das partes móveis como o girabrequim, bronzinas das bielas e sedes do comando de válvulas entre outros - e seu acúmulos nas cabeças do pistões e câmaras de combustão provocarão o incandescimento e aumento da temperatura dentro das câmaras de combustão, o que acaba por antecipar a queima do combustível admitido e sua explosão antes do ponto desejado, de forma muito precoce e causando pré-detonação (famosa batida de pino). Mecânicos menos experientes, ao invés de aconselharem o desmonte do motor e sua limpeza, em geral "atrasam" o ponto de ignição do motor, de forma que este passa a trabalhar muito ruim quando frio e melhora quando quente, mas com prejuízos consequentes a vida útil, economia de combustível, poluição e performance.
Se eu falei alguma besteira, por favor me corrijam...rsrsr
Grande abraço a todos.


Última edição por Hans Blackbullet em Qua 26 Mar 2014, 18:19, editado 1 vez(es) (Razão : Ortografia errada)
avatar
Hans Blackbullet
Participante
Participante

Masculino
Idade : 51
Data de inscrição : 15/02/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Conversando sobre o filtro de ar

Mensagem por Hans Blackbullet em Qua 26 Mar 2014, 18:28

decapa escreveu:Pois e, agora foi eu que nao entendi. Existe ligacao da admissao de ar com o sistema de lubrificacao?. Acho que perdi essa licao. Af.. Tranquilo. Foi mau dizer " bico injetor"
Decapa, acho que pode ter sim. E justamente pela mangueira do respiro do cárter. Com a caixa suja após o filtro, o sistema fica sujeito a descida das impurezas para o cárter... mas existe a válvula de retorno, que pode segurar no começo, mas pode também travar justamente pela sujeira, tanto vinda pelo sistema de admissão do ar quanto por baixo, no caso carvão acumulado...
Um breve exemplo: Nas 250 cc mono, é comum encontrar o motor falhando por causa de sistema de injeção e velas sujas de óleo. Quando o mecânico vai abrir os sistemas para limpeza e correções, encontra óleo na caixa de admissão de ar, que "subiu" do carter pelo excesso de óleo colocado e chegou na caixa de admissão de ar e em seguida aos cilindros pela válvula de admissão, sujando bico, vela e carbonizando cabeça de cilindro e câmara de combustão.
Mas, isto não se daria por óleo velho, mas sim por excesso de óleo ou impurezas não filtradas que cheguem a válvula unidirecional da mangueira de respiro e a trave aberta...
avatar
Hans Blackbullet
Participante
Participante

Masculino
Idade : 51
Data de inscrição : 15/02/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Conversando sobre o filtro de ar

Mensagem por decapa em Qua 26 Mar 2014, 19:42

    
Hans Blackbullet escreveu:
decapa escreveu:Pois e, agora foi eu que nao entendi. Existe ligacao da admissao de ar com o sistema de lubrificacao?. Acho que perdi essa licao. Af.. Tranquilo. Foi mau dizer " bico injetor"
Decapa, acho que pode ter sim. E justamente pela mangueira do respiro do cárter. Com a caixa suja após o filtro, o sistema fica sujeito a descida das impurezas para o cárter... mas existe a válvula de retorno, que pode segurar no começo, mas pode também travar justamente pela sujeira, tanto vinda pelo sistema de admissão do ar quanto por baixo, no caso carvão acumulado...
Um breve exemplo: Nas 250 cc mono, é comum encontrar o motor falhando por causa de sistema de injeção e velas sujas de óleo. Quando o mecânico vai abrir os sistemas para limpeza e correções, encontra óleo na caixa de admissão de ar, que "subiu" do carter pelo excesso de óleo colocado e chegou na caixa de admissão de ar e em seguida aos cilindros pela válvula de admissão, sujando bico, vela e carbonizando cabeça de cilindro e câmara de combustão.
Mas, isto não se daria por óleo velho, mas sim por excesso de óleo ou impurezas não filtradas que cheguem a válvula unidirecional da mangueira de respiro e a trave aberta...
avatar
decapa
Participante
Participante

Masculino
Idade : 39
Data de inscrição : 10/03/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Conversando sobre o filtro de ar

Mensagem por igorpbs em Qua 26 Mar 2014, 19:59

cara depois que descobri o pipercross não boto mais nenhum outro lixo de filtro que existe no mercado
avatar
igorpbs
Participante
Participante

Masculino
Idade : 32
Data de inscrição : 16/01/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Conversando sobre o filtro de ar

Mensagem por srad2012 em Qua 26 Mar 2014, 20:04

Acho que esse papo de limpar filtro de ar é perigoso, com certeza vai prejudicar a capacidade de filtragem, acredito que deva ser trocado nos prazos estipulados ou antes se pegar ambiente poeirento com frequência; quanto aos filtros esportivos pode ter certeza de uma coisa se passa mais ar também vai passar mais sujeira, tem que escolher entre performance e proteção do motor, mas aí tem outra coisa essas motos foram feitas para rodar mais de 100.000 km com o motor sem fumar e com boa compressão, basta seguir o manual que o motor vai durar muito.
avatar
srad2012
Participante
Participante

Masculino
Idade : 44
Data de inscrição : 17/10/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Conversando sobre o filtro de ar

Mensagem por Hans Blackbullet em Qua 26 Mar 2014, 20:09

igorpbs escreveu:cara depois que descobri o pipercross não boto mais nenhum outro lixo de filtro que existe no mercado
Ow, fii, que filtro é esse ae? Não conheço não... manda um link ou infos pra gente, bro? Vlw
avatar
Hans Blackbullet
Participante
Participante

Masculino
Idade : 51
Data de inscrição : 15/02/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Conversando sobre o filtro de ar

Mensagem por igorpbs em Qua 26 Mar 2014, 21:03

Hans Blackbullet escreveu:
igorpbs escreveu:cara depois que descobri o pipercross não boto mais nenhum outro lixo de filtro que existe no mercado
Ow, fii, que filtro é esse ae? Não conheço não... manda um link ou infos pra gente, bro? Vlw

Então um dia conheci um cara daki de floripa que desenvolve filtros de ar esportivo para carros até o momento(INFLOW), e quando fui comprar um pro meu antigo Fragile ele me mostrou um K&N contra o sol e fikei apavorado com o lixo que é, mto fino não segura sujeira, rebarbas mto mau feitas que compromete a performance do veiculo. Dai depois comprei minha Srad e veio com o maldido K&N, fiz o mesmo teste que o cara de olhar ele contra o sol e me pareceu uma peneira e nos de moto as rebarbas(junção da telinha com borracha) é a mesma porcaria q eles fazem nos carros. Dai comecei a busca por um filtro de qualidade, o BMC até agradou um pouco mais é quase o mesmo esquema que o K&N, só que melhor.
Mais vi a galera da gringa super elogiando o tal Pipercross, que é um filtro realmente de alto fluxo com grande poder de reter a sujeira e acho que os caras da INFLOW deram um copiada nesse Pipercross. E além de varias equipes de competição usarem ele.
Comprei o meu desse vendedor:

http://www.ebay.com/itm/Pipercross-Air-Filter-for-Suzuki-GSXR1000-K1-K2-K3-K4-01-04-/261210212454?pt=UK_Motorcycle_Parts&hash=item3cd1578866

Melhor investimento que fiz esse filtro e as velas Brisk que tbm são mto melhores que as tradicionais NGK iridium. assim sei que meu motor está seguro.
avatar
igorpbs
Participante
Participante

Masculino
Idade : 32
Data de inscrição : 16/01/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Conversando sobre o filtro de ar

Mensagem por Hans Blackbullet em Qui 27 Mar 2014, 09:52

igorpbs escreveu:
Hans Blackbullet escreveu:
igorpbs escreveu:cara depois que descobri o pipercross não boto mais nenhum outro lixo de filtro que existe no mercado
Ow, fii, que filtro é esse ae? Não conheço não... manda um link ou infos pra gente, bro? Vlw

Então um dia conheci um cara daki de floripa que desenvolve filtros de ar esportivo para carros até o momento(INFLOW), e quando fui comprar um pro meu antigo Fragile ele me mostrou um K&N contra o sol e fikei apavorado com o lixo que é, mto fino não segura sujeira, rebarbas mto mau feitas que compromete a performance do veiculo. Dai depois comprei minha Srad e veio com o maldido K&N, fiz o mesmo teste que o cara de olhar ele contra o sol e me pareceu uma peneira e nos de moto as rebarbas(junção da telinha com borracha) é a mesma porcaria q eles fazem nos carros. Dai comecei a busca por um filtro de qualidade, o BMC até agradou um pouco mais é quase o mesmo esquema que o K&N, só que melhor.
Mais vi a galera da gringa super elogiando o tal Pipercross, que é um filtro realmente de alto fluxo com grande poder de reter a sujeira e acho que os caras da INFLOW deram um copiada nesse Pipercross. E além de varias equipes de competição usarem ele.
Comprei o meu desse vendedor:

http://www.ebay.com/itm/Pipercross-Air-Filter-for-Suzuki-GSXR1000-K1-K2-K3-K4-01-04-/261210212454?pt=UK_Motorcycle_Parts&hash=item3cd1578866

Melhor investimento que fiz esse filtro e as velas Brisk que tbm são mto melhores que as tradicionais NGK iridium. assim sei que meu motor está seguro.
Valeu, brother, parabéns e obrigado pelas dicas!!!!
avatar
Hans Blackbullet
Participante
Participante

Masculino
Idade : 51
Data de inscrição : 15/02/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Conversando sobre o filtro de ar

Mensagem por lbdebem em Ter 08 Jul 2014, 12:29

Boa tarde pessoal!!

  Pergunta de leigo e aproveitando a pauta sobre filtro de ar. Após a instalação de filtro de ar esportivo é necessário o remapeamento da injeção para equilibrar novamente a mistura ar-combustível?? Pelo que entendo, com o filtro esportivo há um aumento do fluxo de ar, alterando o AFR. Fico em dúvida se os sensores (sonda lamba) irão fazer esse ajuste automático ou se precisa de uma intervenção com Power Commander ou Rapid Bike por exemplo (existem outras soluções) para deixar a mistura ajustada novamente?

Abraço a todos
avatar
lbdebem
Participante
Participante

Masculino
Idade : 43
Data de inscrição : 08/05/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Conversando sobre o filtro de ar

Mensagem por Berlindo em Ter 08 Jul 2014, 12:47

Há sempre essa dúvida, pois de fato não sabemos qual o range de correção que a ECU tem. Eu tive uma Daytona 675 com filtro de ar BMC Race, alto fluxo meeeesmo e a ECU não conseguia corrigir não, ficava bem pobre em alta.

Só dá para afirmar algo passando a moto no dino e medindo os gases com uma sonda hall. O resto é puro achismo.

Dependendo da moto, há como se remapear. Vi um cara uma vez dizendo que qualquer ECU é passivel de reprogramação, remapeamento. O cara consegue acesso aos inúmeros mapas levados em consideração na ECU e consegue mexer neles para um ajuste fino. Mas vendo aí na sua assinatura falando da Bandit, nela há um software ou um remapbox da própria Suzuki que consegue mexer com alguns parâmetros basicos como avanço de ponto, percentual de ganho, daria para fazer um ajuste mais grosso com essas soluções e corrigir a mistura em média e alta. Tudo isso sem pendurar nada na moto, o que é um ganho e tanto.

Na 675, a ECU dela era aberta e existe um software gratuito que pode acessar livremente alguns dos principais mapas nas versões até 2010. Isso era muito bom.

Vale lembrar que existem filtros esportivos que são para rua e os race. Nos de rua, é bem capaz que a moto não fique tão magra, já os race são bem menos restritivos e a chance da mistura ficar pobre é grande.
avatar
Berlindo
Participante
Participante

Masculino
Idade : 34
Data de inscrição : 07/07/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Conversando sobre o filtro de ar

Mensagem por lbdebem em Ter 08 Jul 2014, 12:54

Berlindo escreveu:Há sempre essa dúvida, pois de fato não sabemos qual o range de correção que a ECU tem. Eu tive uma Daytona 675 com filtro de ar BMC Race, alto fluxo meeeesmo e a ECU não conseguia corrigir não, ficava bem pobre em alta.

Só dá para afirmar algo passando a moto no dino e medindo os gases com uma sonda hall. O resto é puro achismo.

Dependendo da moto, há como se remapear. Vi um cara uma vez dizendo que qualquer ECU é passivel de reprogramação, remapeamento. O cara consegue acesso aos inúmeros mapas levados em consideração na ECU e consegue mexer neles para um ajuste fino. Mas vendo aí na sua assinatura falando da Bandit, nela há um software ou um remapbox da própria Suzuki que consegue mexer com alguns parâmetros basicos como avanço de ponto, percentual de ganho, daria para fazer um ajuste mais grosso com essas soluções e corrigir a mistura em média e alta. Tudo isso sem pendurar nada na moto, o que é um ganho e tanto.

Na 675, a ECU dela era aberta e existe um software gratuito que pode acessar livremente alguns dos principais mapas nas versões até 2010. Isso era muito bom.

Vale lembrar que existem filtros esportivos que são para rua e os race. Nos de rua, é bem capaz que a moto não fique tão magra, já os race são bem menos restritivos e a chance da mistura ficar pobre é grande.

Pois é Berlindo, agora estou com um Kawasaki ZX-14R 12/13 e está original ainda. Estou pensando em colocar um Z AFM Bazzaz e só depois disso colocar o filtro esportivo. Acredito que só assim o AFR será adequado. Mas como tu falou, sem dyno vira "achismo" mesmo. Valeu. Abraços
avatar
lbdebem
Participante
Participante

Masculino
Idade : 43
Data de inscrição : 08/05/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Conversando sobre o filtro de ar

Mensagem por decapa em Ter 08 Jul 2014, 13:06

Zx14 e uma moto limitada. Analise bem o que vc procura na moto. Modulo auxiliar so servira se vc trocar o escape todo e o filtro. Isso para apenas ganhar torque a moto. Velocidade continuara a mesma. A ecu original so mexendo diretamente nela que resultara em alguma diferenca. E isso da perda de garantia. Tem imponencia a moto, mas andar mesmo, dificil.
avatar
decapa
Participante
Participante

Masculino
Idade : 39
Data de inscrição : 10/03/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Conversando sobre o filtro de ar

Mensagem por lbdebem em Qua 09 Jul 2014, 16:51

decapa escreveu:Zx14 e uma moto limitada. Analise bem o que vc procura na moto. Modulo auxiliar so servira se vc trocar o escape todo e o filtro. Isso para apenas ganhar torque a moto. Velocidade continuara a mesma. A ecu original so mexendo diretamente nela que resultara em alguma diferenca. E isso da perda de garantia. Tem imponencia a moto, mas andar mesmo, dificil.


Fala Decapa!

Penso em colocar o filtro de ar race porque é lavável. Pretendo ficar com essa moto no mínimo por dois anos e com isso acho que já vale a pena o investimento nisso. Acho que se paga. Em termos de performance, não tenho queixas, pelo contrário, só elogios. Mas fico pensando se só com a instalação do filtro pode prejudicar alguma coisa em termos de performance. Se for prejudicar 1% ou 2% tudo bem, não vai fazer falta diante dos 210cv e 15,7Kgfm de torque que ela tem. Vou fazer um teste, vou instalar e ver se muda alguma coisa "na mão" para pior. Valeu! Abraços.
avatar
lbdebem
Participante
Participante

Masculino
Idade : 43
Data de inscrição : 08/05/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Conversando sobre o filtro de ar

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum